Como dormir bem e ficar nervoso, em 7 dicas

O estresse e a ansiedade fazem parte de um conjunto de fenômenos psicológicos e fisiológicos que afetam nossa saúde de forma muito negativa e por meio de diferentes “efeitos em cadeia”. Uma das áreas da vida em que o nervosismo mais nos prejudica é a qualidade do sono – nossa capacidade de nos recuperarmos e recuperarmos energia por meio do descanso.

Nas próximas linhas, revisaremos várias dicas especificamente relacionadas a como dormir bem enquanto está nervosoEmbora seja claro que muitas dessas etapas envolvem uma ação muito antes de ir para a cama.

Dicas: como dormir enquanto está nervoso

As dicas abaixo são consideradas óbvias porque você tem pouco tempo para ir para a cama. No entanto, você deve ter em mente que existem vários fatores que, implementados no dia a dia não necessariamente no final do dia, podem fazer com que você ajudá-lo a ter uma maior predisposição para adormecer se você experimenta ou não ansiedade e estresse.

Por exemplo, é muito importante manter um horário de sono regular e consistente para aproveitar ao máximo o tempo que você passa descansando. Por outro lado, comer bem contribui para dormir bem, pois a desnutrição facilita o aparecimento de processos inflamatórios e estes dificultam o sono. Dito isso, vamos passar para as dicas.

1. Faça exercícios, mas algumas horas antes de dormir

O exercício é uma ótima maneira de liberar a tensão, por um lado, e desviar nossa atenção dos pensamentos que nos preocupam, por outro. é por isso a prática de esportes moderados é um recurso a considerar.

No entanto, é muito importante que você não se exercite por algumas horas antes de deitar, pois isso não apenas tornará as coisas mais fáceis para você, mas também dificultará o adormecimento. O ideal é fazer este exercício pelo menos cinco horas antes de dormir.

2. Tome um banho noturno

Tomar um banho cerca de meia hora antes de ir para a cama pode ajudá-lo a relaxar.

Embora não seja claro o mecanismo pelo qual esse hábito atua para adormecer, acredita-se que se trate de realizar uma tarefa já internalizada por repeti-la várias vezes e que é realizada em um ambiente onde predomina a monotonia e a previsibilidade, ambas auditivas. e tátil. Faz o chuveiro voltar um tipo de ritual que pode nos levar a um estado semelhante ao de um transe, Em que nos “desligamos” de tudo.

3. Evite estimulantes

Se você acha que seu nervosismo é insuportável e pode dificultar o adormecimento, lembre-se de que o problema é pode piorar se você também consumir estimulantes como o café ou qualquer outro produto que contenha cafeína ou similar. Evite esses alimentos ou bebidas.

4. Não coma muito antes de ir para a cama

Outro problema relacionado à falta de sono que acompanha a ansiedade e o estresse é o fato de muitas pessoas, percebendo o nervosismo, eles tentam se sentir melhor se dando muita comida. Isso complica a digestão, o que atrasa quando você pode começar a dormir.

5. Não caia sob a luz da tela à noite

Um dos costumes mais populares com a adoção do uso de novas tecnologias é o uso de computadores, tablets e smartphones à noite, quando quase todos já terminaram de trabalhar ou de fazer as aulas e podem se conectar. Esta é uma má ideia se você está tendo problemas para dormir, pois a exposição do olho à luz nas primeiras horas da noite muda os ritmos circadianos, Portanto, o corpo não tem certeza se é dia ou não.

6. Pratique técnicas de relaxamento

Este truque é um clássico para combater a ansiedade e o nervosismo. Existem vários exercícios que eles contribuem para a remodulação do corpo hormonal para diminuir o estado de alerta do sistema nervoso. Muitos deles se concentram em gerenciar melhor a maneira como você respira.

7. Use ruído branco

O ruído branco ajuda a desconectar e pode ser usado deitado. Por exemplo, o som da chuva ou o crepitar de uma fogueira na lareira pode ser muito relaxante, desde que o volume não seja muito alto. O ideal é usar gravações longas para que durem até você começar a dormir.

Deixe um comentário