As 45 melhores citações de Paulo Freire

Paulo freire (1921 – 1997) foi pedagogo, educador e ativista influente pelos direitos dos menos favorecidos. Nascido em Recife, Brasil, é considerado um dos mais importantes teóricos da educação do século XX.

Paulo Freire teve que enfrentar a pobreza desde o nascimento. Essa experiência pessoal o ajudou a construir o que, na idade adulta, seria sua teoria da educação. Ele estudou direito, psicologia e filosofia na Universidade do Recife. Trabalhou com comunidades carentes às quais introduziu a alfabetização com um método criado por ele mesmo, que é visto como uma variante da teologia da libertação, já que a alfabetização era um pré-requisito para votar no Brasil para esta época.


    Table of Contents

    Frases e citações famosas de Paulo Freire

    Sua herança pedagógica transcende as fronteiras da educação. Paulo Freire foi um pensador global, comprometido com seu povo e ativamente envolvido na alfabetização das minorias excluídas.

    No artigo de hoje vamos conhecer as melhores frases de Paulo Freire.

    1. O que é importante, entretanto, é que as classes trabalhadoras continuem aprendendo na própria prática de sua luta para definir os limites de suas concessões, isto é, para ensinar às classes dominantes os limites dentro dos quais elas podem se mover.

    A educação deve promover o respeito pelos direitos sociais e trabalhistas.

    2. O gesto do professor valeu mais do que a nota dez que ele deu em meu ensaio. O gesto de uma professora me deu uma confiança ainda visivelmente suspeita de que era possível trabalhar e produzir. Que era possível confiar em mim, mas que seria tão ruim confiar além dos limites quanto seria não confiar então.

    Sobre a importância do reforço positivo.

    3. A educação é um ato de amor, portanto, um ato de valor.

    Bela frase de Paulo Freire sobre educação.

    4. Aceitar e respeitar a diferença é uma daquelas virtudes sem as quais não se pode ouvir.

    Em suma, a empatia deve governar nossa comunicação.

    5. A pedagogia dos oprimidos deixa de ser a dos oprimidos e passa a ser pedagogia dos homens em permanente libertação.

    Sobre sua proposta educacional.

    6. O ideal deles (dos oprimidos) é, na realidade, ser homens, mas para eles, ser homens, na contradição em que sempre foram e na superação que claramente não têm, equivale a ser opressores . Estes são seus testemunhos de humanidade.

    Citação famosa para refletir sobre as relações de dominação.

    7. Minha visão de alfabetização vai além de ba, be, bi, bo, bu. Porque envolve uma compreensão crítica da realidade social, política e econômica em que se encontra a alfabetização.

    A profundidade de sua filosofia se reflete nesta reflexão.

    8. Ninguém tem liberdade para ser livre, mas por não ser livre luta por sua liberdade.

    Paradoxo a ser levado em consideração. Livre é aquele que luta para ser livre.

    9. Os oprimidos devem ser um exemplo de si próprios, na luta pela sua redenção.

    Totalmente consistente com a frase anterior.

    10. Na visão “bancária” da educação, “conhecimento”, conhecimento, é um presente daqueles que são julgados sábios para aqueles que são julgados ignorantes.

    Sobre a mercantilização em certas práticas educacionais.

    11. A educação, como prática de dominação que temos criticado, mantendo a ingenuidade dos alunos, o que procura, no seu quadro ideológico, é doutriná-los no sentido da sua acomodação no mundo da opressão.

    Educação sem redenção é simples doutrinação.

    12. A educação como prática de liberdade, em oposição àquela que é prática de dominação, implica a negação do homem abstrato, isolado, covarde, destacado do mundo, bem como a negação do mundo como realidade ausente de Homens.

    O gregarismo faz parte da cultura de consumo imposta pelo capitalismo.

    13. A educação é constantemente refeita na práxis. Para ser, você tem que ser.

    Uma característica essencial da prática de ensino.

    14. A verdadeira educação é a prática, a reflexão e a ação do homem sobre o mundo para transformá-lo.

    As razões do fato educacional.

    15. O sectarismo não cria nada porque não ama.

    Dogmáticos não sabem como trazer ideias ou debates válidos, de acordo com Freire.

    16. Quanto mais crítico um grupo humano, mais democrático e permeável ele é.

    Reflexão contra o centralismo democrático.

    17. Nossa presença no mundo, que implica escolha e decisão, não é uma presença neutra.

    Tudo o que fazemos está imbuído de uma certa visão política.

    18. Deve ser assegurado às crianças o direito de aprender a decidir, o que só pode ser alcançado tomando decisões.

    As crianças devem ser respeitadas, assim como as decisões das crianças, independentemente de seus recursos financeiros.

    19. A educação é sempre uma espécie de teoria do conhecimento posta em prática, é naturalmente política, tem a ver com pureza, nunca com puritanismo, e é, em si mesma, uma experiência de beleza.

    Frase-chave filosófica de Paulo Freire.

    20. A existência é a vida que é conhecida como tal, que é reconhecida como finita, incompleta; que se move no espaço-tempo sujeito à intervenção do que existe.

    21. Como presença na história e no mundo, luto com esperança pelos sonhos, pela utopia, pela esperança, por uma pedagogia crítica. E minha luta não é em vão.

    Uma luta ética pela práxis.

    22. Educação é liberdade.

    Talvez a frase mais memorável do educador brasileiro.

    23. Somente o poder que vem da fraqueza dos oprimidos será forte o suficiente para libertar tudo.

    Sobre o poder das massas oprimidas.

    24. A liberdade é adquirida por meio da conquista e não como um presente. Deve ser realizado de forma consistente e responsável.

    Nenhuma conquista civil foi feita em deferência aos opressores.

    25. Jaspers disse: “Eu sou na medida em que os outros também estão.” O homem não é uma ilha, é uma comunicação. Existe, portanto, uma estreita relação entre bolsa e pesquisa.

    Reflexão filosófica sobre nossa personalidade a partir das relações interpessoais.

    26. Olhar para o passado deve ser apenas uma forma de entender melhor o que somos e quem somos, para que possamos construir o futuro de forma mais inteligente.

    Frase sobre o tempo.

    27. A linguagem nunca é neutra.

    Ainda tem conotações ideológicas e políticas, de acordo com Freire.

    28. A confiança do povo nos governantes reflete a confiança dos governantes no povo.

    Sobre bons políticos.

    29. Não é o indesejável que inicia o descontentamento, mas aquele que não pode amar porque só ama a si mesmo.

    O narcisismo nos leva ao infortúnio.

    30. Os homens não são formados no silêncio, eles são formados na palavra, no trabalho, na ação, na reflexão.

    Sobre as variáveis ​​contextuais da aprendizagem de cada indivíduo.

    31. A narração, que tem por tema o professor, direciona os alunos para a memorização mecânica dos conteúdos contados … a narração os transforma em recipientes que o professor deve preencher.

    Uma crítica ao sistema de memória educacional.

    32. Não há diálogo se não houver humildade, nem se não houver fé forte e indestrutível no ser humano.

    Uma amostra de sua filantropia.

    33. Não há vida sem correção, sem retificação.

    Saber perdoar e perdoar a si mesmo é absolutamente essencial.

    34. Ninguém está alheio a tudo. Ninguém sabe tudo. Nós todos sabemos alguma coisa. Todos nós não sabemos algo. É por isso que estamos sempre aprendendo.

    Todos nós somos capazes e bons em algum aspecto da vida.

    35. A leitura do mundo precede a leitura da palavra.

    Conheça, então pense.

    36. Quanto mais somos capazes de nos tornarmos crianças novamente, de permanecer infantis, mais podemos entender por que amamos o mundo e estamos abertos ao entendimento, ao entendimento; quando matamos nossa criança interior, não existimos mais.

    A vitalidade da infância é insubstituível.

    37. Só abolindo a situação de opressão é possível restaurar o amor que esta situação tornou impossível. Se não vivo no mundo, se não gosto da vida, se não gosto de gente, não posso dialogar.

    Frase para aplicar ao nosso dia a dia.

    38. Educar é dar significado a tudo o que fazemos a cada momento.

    Nada tem valor educacional se não explicar ou transmitir uma emoção.

    39. Eu olhei para um fazendeiro e perguntei a ele quantos filhos você tem? Três – respondeu ele. Você gostaria de sacrificar dois de seus filhos submetendo-os ao sofrimento, para que o terceiro pudesse estudar? Não – ele respondeu … então será mesmo Deus quem fará essas coisas? … Não. Não é Deus quem os faz. Este é o modelo.

    Uma pequena história que deve nos fazer pensar.

    40. A sectarização é um obstáculo à emancipação do ser humano.

    Ter um pensamento livre e permeável permite uma maior integração de conhecimento e percepção.

    41. Qualquer relação de dominação, exploração, opressão é em si mesma violência. Não importa se é feito drasticamente ou não.

    Sobre as formas implícitas de violência.

    42. A revolução surge como uma entidade social dentro da sociedade opressora.

    Na tradição de pensadores como Lênin, Paulo Freire estabelece essa caracterização das revoluções sociais.

    43. Enquanto os oprimidos não conhecem as causas de sua condição fatalista, eles aceitam sua exploração.

    Uma espécie de complacência de escravo.

    44. Ler não é andar com palavras; é tirar sua alma.

    Reflexão que dá sentido ao conhecimento adquirido.

    45. Homens e mulheres raramente admitem abertamente seu medo da liberdade, mas tendem a se camuflar apresentando-se como defensores da liberdade.

    Na hipocrisia dominante.

    Deixe um comentário