Vamos falar sobre criatividade

Quando ouvimos falar de criatividade, geralmente associamos a artistas ou pessoas especializadas em pintura, escultura ou design gráfico. No entanto, a criatividade é um dom que todos os seres humanos possuem.

Além de ser uma atitude perante a vida e uma função do cérebro, alimenta-se da imaginação, do conhecimento, das experiências e das emoções.


    Que elementos contém a criatividade?

    A criatividade pode ser entendida como uma certa maneira de se comportar diante dos problemas. Além disso, autores como JP Guilford propõem que a criatividade possuída pelos seres humanos pode ser medida em quatro fatores:

    • Facilidade
    • Flexibilidade
    • Originalidade
    • elaboração

    Este pesquisador também menciona a possibilidade de desenvolver pensamento divergente ou convergente. Ela define o pensamento convergente como a função de dar uma única resposta a um determinado problema ou situação; enquanto o pensamento divergente é definido como a função de olhar por diferentes ângulos com facilidade para encontrar mais de uma resposta para um problema ou desafio, e por meio do qual a pessoa pode recorrer a alternativas para se engajar em caminhos inesperados para encontrar possíveis soluções.

    Então, criatividade é criar novas conexões no cérebro; com nossa capacidade de combinar conteúdo mental e fluxo, ter um pensamento flexível e original para realizar esse processo criativo.

    Quando estamos em um ambiente ou lugar que nos faz sentir confortáveis, calmos e relaxados, esse processo criativo pode ser vivenciado oferecer oportunidades ou várias alternativas para uma situação concreta.

      O que limita o desenvolvimento da criatividade?

      O que dificulta os processos criativos são proibições, críticas prejudiciais ou juízos de valor que a pessoa recebe sobre uma expressão que você executa ou uma ação. Além do mais:

      • Fadiga
      • Estresse
      • Ansiedade

      Esses fatores são os principais bloqueadores da criatividade e, quando ativados, o fazem pelos pensamentos negativos, medos, inseguranças, falta de autoestima e outras formas de desconforto que nos acompanham diariamente e nos impedem de nos expressarmos criativamente. .

        Fatores que permitem alcançar o desenvolvimento da criatividade

        Mas não devemos ignorar o fato de que em cada pessoa existe um potencial criativo inato esperando para ser expresso e desenvolvido. Esse potencial às vezes não é descoberto pela pessoa, porque ela duvida de suas habilidades, se sente insegura ou cresceu em um ambiente desfavorável em que não se sente seguro para se expressar e sua motivação para ativar a criatividade é cancelada.

        Esses são os principais fatores que eles aprimoram nosso lado criativo:

        • Sinta-se relaxado e seguro.
        • Estar em um espaço que dê segurança para poder se expressar com respeito e liberdade.
        • Sinta a emoção da motivação e confiança.

        Esses fatores são propícios para que nosso cérebro faça novas conexões entre ideias, seja capaz de focar e se concentrar nas alternativas que a mente consegue desenvolver como ideias, e enxergar múltiplas alternativas diante de uma situação que requer nossa intervenção.

        De acordo com pesquisas neste campo, foi possível descobrir como desbloquear pensamentos e emoções para ter um pensamento criativo. Primeiro, precisamos estar relaxados e calmos, bem hidratados e descansados, para que possamos quebrar bloqueios cognitivos.

        Ajuda a alongar-se, levantar-se da cadeira e movimentar-se; Essas ações básicas e simples nos ajudam a criar estados com nosso bem-estar físico que nos permitem recuperar dos fatores que limitam e bloqueiam nossa criatividade. E se os acompanharmos com pequenos momentos de fechar os olhos e respirar fundo e realizarmos essas rotinas antes de iniciar ou continuar nossas atividades, melhoraremos muito nesse aspecto.

        As emoções de bem-estar produzem melhores ideias e uma personalidade criativa, original e inovadora. Hoje, felizmente, já existem muitas técnicas de criatividadeé só ter o interesse de abordá-los e provar qual é o que permite a cada um engendrar esse processo criativo.

        Uma vez encontrados e descobertos, todos podem fazê-los diariamente como preparação para cada atividade que lhes custa.

        Deixe um comentário