Como lidar com o estresse no trabalho: 10 dicas práticas

Todos experimentam estresse no trabalho em algum momento de sua vida profissional, não importa o quanto gostem do trabalho. Horários, colegas de trabalho, datas de entrega, medo de demissão e muito mais são fontes de preocupação e estresse no trabalho.

Um pouco de estresse é motivador e necessário para atingir metas, mas quando esse estresse é constante pode levar a problemas de saúde, problemas com nossos relacionamentos e baixo desempenho no trabalho.

É por esta razão que aprender a lidar com o estresse no trabalho pode ser muito útilTanto no local de trabalho quanto na vida pessoal, veremos a seguir maneiras de lidar com esse problema no emprego.

Como lidar adequadamente com o estresse no trabalho, passo a passo

O estresse é algo que está presente em nossas vidas e é normal, principalmente no ambiente de trabalho. Quando estamos trabalhando, precisamos estar bem acordados e saber o que estamos fazendo para prevenir acidentes, atingir as metas atribuídas e entregar relatórios e outros documentos dentro do prazo. Contudo, em algumas situações, esse estresse não é nada adaptativo, prejudicial à saúde, afetando nosso desempenho e prejudicando nossos relacionamentos..

As causas do stress no trabalho são muito diversas, mas entre elas podemos encontrar carga horária excessiva, pequenas pausas, não saber quais são as funções do nosso local de trabalho, más condições de trabalho, más relações com o patrão e colegas, incerteza quanto ao futuro, um sensação de descontrole, falta de apoio no trabalho ou má comunicação na empresa, entre outros.

Por tudo isso, existem muitas formas de desconforto que podemos sofrer devido ao estresse no trabalho. Entre os mais importantes que temos problemas cardíacos, dores nas costas, problemas de humor, problemas do sistema imunológico, acessos de raiva e relacionamentos ruins com as pessoas ao nosso redor, o que causará ainda mais estresse. Além disso, é comum experimentar uma tremenda sensação de apatia e frustração.

É um tipo de desconforto que não deve ser desconsiderado. Para evitar tudo isso, veremos a seguir como lidar com o estresse no trabalho, enfocando a qualidade do ambiente de trabalho, nosso relacionamento com ele, estratégias para reduzir nossa ansiedade e formas de canalizá-la.

1. Faça uma pausa

É essencial ter algum tempo para se desconectar no local de trabalho. Fazer uma pausa pode ser a melhor maneira de reduzir o estresse e voltar ao trabalho com uma mente cada vez mais clara.

Podemos tentar descansar fazendo uma curta caminhada, bebendo uma bebida fermentada saudável ou lendo um livro que compramos para trabalhar.

Caso não possamos sair da tarefa por mais de dez minutos ou em nossa ocupação não seja possível sair do escritório, uma opção é fechar os olhos por cinco minutos e respirar fundo.

2. Descreva a profissão

Por mais estranho que possa parecer, em muitos casos, o estresse no trabalho é causado por não se saber exatamente quais tarefas precisam ser feitas.

Descrever o trabalho, identificar tarefas que não nos devem ser confiadas ou saber mais claramente o que fazer são formas de lidar com a incerteza e ambiguidade que muitas vezes surgem no local de trabalho.

A superação dessas ambigüidades permite ter clareza sobre o que deve ser feito, a quem recorrer em caso de problema e quais são as nossas responsabilidades.

3. Estabeleça metas razoáveis

É muito importante definir metas razoáveis ​​e realistas que não consumam excessivamente ou ocupem todo o nosso tempo disponível. Nenhum trabalho deve ser aceito mais do que o que pode ser feito com uma boa gestão do tempo.

Se o chefe nos dá uma tarefa que não temos certeza se poderemos concluir a tempo, devemos conversar com ele para discutir a possibilidade de desmoronar em metas menores e mais facilmente alcançáveis ​​e, assim, fazer um trabalho melhor sem nos exaurir.

4. Gerenciar o uso de tecnologia

Geralmente acontece que chegamos em casa, olhamos o celular, vemos uma notificação do nosso chefe e ficamos nervosos por termos trazido trabalho para casa, mesmo que o dia tenha acabado.

Devemos limitar as notificações de trabalho, estabelecendo um horário em que possamos estar disponíveis e ter o motivo, Os e-mails de pesquisa ou de trabalho são desconectados após um determinado período, como na hora do jantar ou à noite.

5. Organize de acordo com as prioridades

Uma boa maneira de evitar o estresse no trabalho é organizar seu local de trabalho adequadamente, determinar quais tarefas pendentes devem ser feitas primeiro. Uma ideia é pegar um pedaço de papel e priorizar as tarefas a serem realizadas, seja durante o dia ou durante a semana.

Isso nos ajudará a nos organizar melhor, nos motivará a ir direto ao assunto e nos afastará um pouco da incerteza de não saber por onde começar ou como proceder.

6. Aproveite durante a semana

Em muitos casos, o estresse no trabalho não ocorre porque nosso trabalho é estressante por si só ou porque algo ruim está acontecendo conosco no local de trabalho.

Muitas vezes acontece que estamos estressados ​​e frustrados porque nos concentramos tanto em nosso trabalho, a ponto de quando percebemos que já está escuro e isso não nos deixa tempo para curtir nossos hobbies, Como praticar esportes, assistir filmes, sair com amigos ou passar o tempo com nossa família.

Tanto quanto nosso trabalho nos permite, especialmente se tivermos horários flexíveis, uma ótima maneira de evitar essa frustração é reservar um tempo da semana para fazer o que amamos.

Aproveite as atividades que gostamos durante a semana vai nos fazer sentir mal por deixar o trabalho consumir nosso tempo livre porque nós realmente gostamos.

7. Evite multitarefa

Somos bombardeados com a mensagem de que somos capazes de fazer todos os tipos de coisas ao mesmo tempo. Bem, esse não é o caso, muito menos trabalhar. Se quisermos que o que fomos designados faça bem, precisamos evitar multitarefa..

É melhor fazer uma coisa, focar no que estamos fazendo e ter certeza de que tudo está indo bem, do que não tentar fazer duas ou mais de uma vez e não perceber que cometemos erros.

Se temos mais de um trabalho a fazer, é melhor, como já mencionamos, nos organizarmos de acordo com as tarefas prioritárias. Alocar tempo e energia para uma tarefa de cada vez só fará com que tenhamos um desempenho ruim e piorará nossa saúde.

8. Suporte para família e amigos

Se sofremos de estresse no trabalho é muito importante que nosso círculo de amigos e familiares saiba disso. Não apenas para nos dar seu apoio incondicional, mas também para fazê-los entender que não devemos ser pressionados quando temos o suficiente no trabalho.

O apoio da família e dos amigos e a compreensão de como o vivemos é um fator de proteção contra a psicopatologia. Eles podem nos ajudar a lidar com o estresse, bem como sugerir maneiras que funcionaram para eles para reduzir esse problema em seu trabalho.

9. Saiba quando desistir

Às vezes, o trabalho nos causa tanto estresse que não é nada saudável continuar. Em caso afirmativo, você precisará descobrir qual é a melhor época para deixar o emprego e ver quais opções de emprego temos.

Pode não haver mais empregos a que aspirar, o que, caso nos encontremos desempregados, pode nos causar mais estresse. Precisamos explorar todas as opções e decidir o que achamos que é melhor para nós.

10. Vá para o psicólogo

O desenvolvimento de hábitos saudáveis ​​é essencial para lidar e evitar o estresse. Além de bons hábitos de cuidado pessoal, como boa higiene do sono, alimentação bem, exercícios físicos e não abusar do tabaco, café e álcool, o psicólogo vai atender.

Este profissional de saúde psicológica estudará nosso caso, verá o nível de estresse em que estamos e escolherá uma opção de tratamento ou outra., Adequado para cada caso.

Também pode nos ajudar a decidir se é apropriado continuar trabalhando onde estamos ou se seria desejável procurar outro emprego, se o que temos está nos esgotando tanto física quanto mentalmente.

Referências bibliográficas:

  • Mutuel, MC (2008). Pare o estresse: como lidar com o estresse no trabalho. Barcelona: MC Mutual.
  • Osorio, JE e Nen, LC (2017). Estresse no trabalho: estudo de revisão. Diversitas, 13 (1), 81-90.
  • Silla, JMP (2001). Estresse no trabalho: uma perspectiva individual e coletiva. Prevenção, trabalho e saúde: Jornal do Instituto Nacional de Segurança e Higiene no Trabalho, (13), 18, 38.

Deixe um comentário