Como lidar com a pressão no trabalho: 10 dicas simples

É natural que às vezes nos sintamos pressionados por nossa carga de trabalho; em última análise, acontece com todos nós por causas relacionadas à nossa profissão, ou por fatores externos que tornam as coisas difíceis (ter filhos pequenos, ter hábitos ruins de sono, etc.).

Saber como lidar com a pressão no trabalho é a chave e não deixe essa situação se tornar um problema não resolvido. Neste artigo, examinaremos algumas ferramentas psicológicas úteis para que você possa lidar com a pressão do trabalho quando ela surgir em sua vida e, assim, evitar que seu desempenho e qualidade de vida sejam afetados por níveis de estresse.

Como lidar com a pressão no trabalho

Nas linhas a seguir, você encontrará algumas dicas sobre como gerenciar de forma adaptativa a pressão no trabalho, que vai ajudá-lo a manter um bom desempenho em seu trabalho sem afetar sua estabilidade emocional.

1. O hábito de planejar

O planejamento é um importante recurso de proteção contra a pressão que às vezes pode representar nossa carga de trabalho, visto que quando somos capazes de planejar bem o nosso tempo cede com mais eficácia e é menos provável que nos sobrecarregue com o estresse por falta de tempo.

2. Aprenda a delegar funções

Sempre que possível, delegue parte de nossa carga de trabalho ajuda a manter um melhor controle e ordem sobre nossas atividades. Do contrário, quando estamos voluntariamente tentando cobrir todas as funções, é quando surge o estresse de não sermos capazes de fazê-lo, embora estejamos tentando.

3. Dê valor aos momentos de descanso

A subestimação dos momentos de descanso é um erro comum, favorecido pela ideia de que os momentos de descanso são improdutivos. Nada poderia estar mais longe da verdade, quando descansamos protegemos nosso sistema nervoso do estresse e da pressão excessiva de trabalho.

Idealmente, o descanso deve ser significativo, o que significa que devemos tentar libertar nossas mentes dos pensamentos relacionados à nossa profissão e aproveitar esses momentos livres para desfrutar das coisas que nos trazem paz.

Pensamentos positivos sobre as coisas que podemos fazer após o término de nosso dia de trabalho são uma boa escolha para nos motivar durante nossos períodos de descanso. Tudo não funcionaReservar um tempo para tomar um café e pensar nas coisas boas da sua vida também significa ser produtivo.

4. Bons hábitos alimentares

Uma boa alimentação, equilibrada entre proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas e minerais, é essencial para evitar a pressão excessiva no trabalho.

Quando comemos os alimentos certos ajudamos nosso corpo a funcionar melhor para não desperdiçar energia. Psicologicamente, também nos faz sentir melhor.

5. Implementar rotinas de exercícios

O exercício oferece muitos benefícios em nossas vidas, entre os quais liberação de neurotransmissores (Serotonina, Dopamina, Melatonina, etc.) que ajudam a combater a pressão arterial e os níveis de ansiedade em todos os aspectos.

6. Aumente sua auto-estima

Quando confiamos em nós mesmos e em nossas habilidades, é menos provável que sejamos oprimidos pela pressão do trabalho. A autoestima é um fator de proteção contra circunstâncias adversas em nosso ambiente, E caso não esteja bem estabelecido, precisamos fortalecê-lo.

Existem técnicas práticas e muito eficazes para aumentar a nossa auto-estima. Entre eles temos; fazer uma lista de todas as nossas virtudes para que possamos reconhecê-las e focar melhor nelas, e assim por diante.

7. Evite pensamentos rígidos

Precisamos usar mais nossa imaginação para evitar estresse e pressão no trabalho. Precisamos ser capazes de nos afastar dos métodos convencionais para resolver situações complexas que podem surgir em nosso ambiente de trabalho.

Pessoas que confiam em sua imaginação têm a capacidade de avaliar diferentes cenários e eles são menos propensos a estagnar tente resolver as situações de uma maneira que não funcionou para eles antes.

8. Técnicas de relaxamento

Quando aprendemos a relaxar adequadamente, evitamos que a pressão do trabalho nos oprima. Algumas técnicas simples como exercícios de respiração e visualização eles podem ser muito úteis na redução dos efeitos prejudiciais da pressão no trabalho.

9. Tente se comunicar corretamente

Em muitos casos, o principal estressor no trabalho é a falta de comunicação ou o uso indevido dela. Por exemplo, não ousar dizer que é necessário um auxiliar para realizar parte da carga de trabalho que nos foi atribuída.

Devemos evitar comunicações hostis a todo custoEm vez disso, devemos tentar usar mais recursos adaptativos para transmitir nossa mensagem.

A comunicação assertiva baseia-se principalmente na transmissão da nossa mensagem cuidando tanto do conteúdo como da forma, ou seja, utilizando uma linguagem adequada e um tom de voz que esteja de acordo com as normas sociais.

10. Introspecção

A introspecção é a capacidade de nos revisarmos objetivamente, sem permitir que nossas emoções distorçam nosso julgamento. Em outras palavras, é nos identificarmos quais são as causas do nosso comportamento.

Desta forma, iremos deslocar os motivos pessoais que motivam nosso comportamento para um nível consciente e podemos trabalhar para melhorar nossa realidade a partir de uma concepção mais pessoal dela.

Referências bibliográficas:

  • Ruotsalainen, JH; Verbeek, JH; Marinado, A.; Serra, C. (2015). “Prevenir o estresse no trabalho entre os profissionais de saúde”. O banco de dados de revisão sistemática Cochrane (4): CD002892.
  • Van Dierendonck, D.; Schaufeli, WB; Buunk, BP (1998). “Avaliando um Programa de Intervenção de Burnout Individual: O Papel da Desigualdade e Suporte Social”. Journal of Applied Psychology. 83 (3): 392-407.

Deixe um comentário