12 segredos para evitar lanches entre as refeições

Comer é um comportamento caracterizado por comer pequenas quantidades cedo. Ansiedade, tédio, fome, encontros com amigos e má administração de refeições, entre outras causas, podem causar coceira.

Dicas para não comer entre horas

A picha-pica torna-se um problema se queremos emagrecer, porque normalmente ao bicarmos optamos por alimentos ricos em gordura, açúcar ou sal. Neste artigo, apresentamos algumas chaves psicológicas para evitar coceira.

1. Planeje suas refeições e coma 5 vezes ao dia

O planejamento das refeições é uma das melhores alternativas para não beliscar entre as refeições. Na verdade, se você seguir uma dieta alimentar e estiver bem nutrido, será mais fácil evitar a coceira. Uma das estratégias mais conhecidas para evitar isso é comer 5 vezes ao dia.

Se comermos três grandes refeições ao longo do dia, é possível que entre as refeições estejamos com fome e, portanto, comemos. Ao dividir as calorias diárias em cinco refeições, tornamos mais fácil não sentirmos o desejo extremo de comer o que temos à mão, porque nos sentiremos mais saciados durante o dia.

2. Lembre-se do tempo entre as refeições

Estudos científicos têm mostrado que quando tentamos manter nosso peso ou perder pesoÉ necessário estabilizar o açúcar no sangue para evitar esculpir. Isso pode ser conseguido comendo a cada 3 ou 4 horas, o que é consistente com o ponto anterior, ou seja, 5 refeições por dia. Isso nos ajudará a ficar bêbados por mais tempo, o que nos impedirá de querer comer entre as refeições.

3. Coma um bom café da manhã

O café da manhã é uma refeição muito importante – pode melhorar ou interromper o seu dia, E pode determinar o número de calorias que consumimos ao longo do dia. De acordo com estudos científicos, as pessoas que tomam um bom café da manhã consomem menos calorias ao longo do dia do que aquelas que optam por não tomar o café da manhã. Um café da manhã completo, contendo carboidratos saudáveis, proteínas, fibras e gorduras pode fazer toda a diferença e nos impedir de querer comer entre as refeições. Claro, considerando as cinco refeições diárias, o almoço não deve ser evitado, pois se não se pode acabar bicando no meio da manhã.

4. Coma carboidratos complexos

Uma das razões pelas quais o açúcar no sangue aumenta é porque comemos carboidratos simples. (E refinado), que encontramos, por exemplo, no pão branco ou na pastelaria industrial. Esses tipos de carboidratos produzem hiperglicemia.

A glicose é essencial para nosso corpo; mas, em altas doses, nosso pâncreas, ao detectar o excesso dessa substância no sangue (chamada de hiperglicemia), libera insulina, hormônio responsável por transportar esse açúcar do sangue para o músculo e o fígado. Após esse aumento de glicose, os níveis voltam a cair, fazendo com que tenhamos vontade de comer mais, principalmente doces e alimentos ricos em gordura. Por isso, é necessário consumir alimentos ricos em carboidratos complexos, como o arroz integral, pois são digeridos gradativamente e não produzem picos de glicose.

5. Use a fibra a seu favor

A fibra é uma substância chave para o nosso trato digestivo funcionar e melhor para a eliminação fecal saudável. A fibra também nos permite estar mais satisfeitos, o que nos impede de sentir fome entre as refeições. Os carboidratos complexos são ricos em fibras, portanto, consumir alimentos ricos em fibras também ajudará a prevenir o alto teor de açúcar no sangue.

    6. Coma proteína

    Os especialistas recomendam consumir proteína em dietas para perda de peso, pois acelera o metabolismoMas, além disso, eles também nos ajudam a economizar mais dicas. Comer proteínas o ajudará a evitar a vontade de comer entre as refeições. Você pode aprender mais sobre os diferentes tipos de proteínas em nosso artigo: “Os 20 tipos de proteínas e suas funções no corpo”.

    7. Trate o lanche como uma refeição.

    Muitas vezes subestimamos o almoço e o chá da tarde, mas uma das chaves para as 5 refeições por dia é tratar cada uma das refeições como se fossem refeições semelhantes (ou seja, simplesmente dividindo as calorias diárias por 5). Se comermos lanches entre as refeições que não nos deixam saciados, o que vai acontecer é bicarmos. Por outro lado, se comermos mais e de forma nutritiva no almoço e no lanche, nos sentiremos mais satisfeitos ao longo do dia.

    8. Cuide do seu ambiente

    Cuidar do meio ambiente é fundamental para evitar lanches, pois promove o autocontrole. Isso inclui não ter, por exemplo, cookies visíveis se você estiver no escritório. Se você vai às compras e é fã de chocolate, também não encha a geladeira com esse alimento porque vai comer na primeira troca.

    9. Coma frutas e beba água

    Se você deve morder por qualquer motivo, é melhor fazer com frutas do que com produtos ricos em gordura ou carboidratos refinados. As frutas são baixas em calorias, ricas em água e também contêm vitaminas e minerais essenciais para a saúde.

    10. Beba água

    Em dietas para perder peso e evitar comer demais entre as horas, especialistas aconselham estar bem hidratado, Porque isso nos ajuda a nos sentirmos satisfeitos. Se desejar, você pode tentar tomar uma infusão, pois irá satisfazê-lo.

    11. Reduza o consumo de açúcar

    Reduzir a ingestão de açúcar o ajudará a evitar comer entre as refeições. Comer alimentos muito doces, por exemplo mel, chocolate ou panificação industrial, faz a pessoa se sentir satisfeita neste momento, mas em pouco tempo ela terá que comer mais e, portanto, coceira. Isso porque já foi discutido nos pontos anteriores, a hiperglicemia.

    12. Evite o tédio

    O tédio e a ansiedade podem fazer com que você queira comer alimentos ricos em açúcar e gorduraPortanto, é bom ficar ocupado. Quando você notar que o tédio está aparecendo, você pode, por exemplo, ir à academia ou fazer outras atividades que o levem ao estado de fluxo. Em nosso artigo “55 coisas que você pode fazer quando está entediado”, damos algumas dicas para sair do tédio.

    Deixe um comentário