10 alimentos que o ajudarão a lutar e reduzir o estresse

O estresse é um dos fenômenos mais comuns da atualidade e é considerada a doença do século XXI. Nosso estilo de vida e dieta não são afetados apenas quando uma pessoa está passando por uma fase estressante em sua vida, mas seus hábitos e dieta também ajudam a lidar com o estresse e prevenir o estresse.

Mas, Quais alimentos são úteis para reduzir o estresse? Quais favorecem a atmosfera? Nas linhas a seguir, responderemos a essas perguntas.

Alimentos que o ajudarão a combater o estresse

Abaixo você pode encontrar uma lista com o alimentos que o ajudarão a reduzir e combater o estresse por meio de uma nutrição adequada.

1. Advogado

Esta fruta é um alimento muito nutritivo e é o ingrediente principal do “guacamole” mexicano. Traz grandes benefícios para a saúde graças a alguns de seus componentes; entre eles, destaca-se a glutationa, que bloqueia a absorção intestinal de gorduras nocivas para o corpo, aqueles que causam danos oxidativos. Ele também contém luteína, beta-caroteno e vitaminas E e B, bem como gorduras monoinsaturadas, que pertencem às gorduras boas.

Estudos sugerem que ajuda a regular o açúcar no sangue, o que pode ajudar a manter o humor e os níveis de energia ideais para lidar com as dificuldades que podem surgir em conexão com o estresse. hiperglicemia causa aumento de açúcarMas aí, uma descida que deixa a pessoa cansada e deve continuar a consumir açúcares porque ocorre um efeito esculpidor. O potássio dessa fruta também ajuda a controlar a pressão arterial, que aumenta sob estresse.

2. Nabius

Mirtilos são frutas pretas pequenas, mas deliciosas, que não são muito consumidas, mas contêm grande quantidade de nutrientes que melhoram a saúde.

Por outro lado, os mirtilos contêm antocianinas, os pigmentos presentes neste alimento, que estes são antioxidantes que promovem a produção de dopamina no cérebro. A dopamina, sobre a qual você pode ler mais neste artigo, é um neurotransmissor que ajuda a pessoa a ter um humor positivo e também a ter uma memória mais eficiente.

Estudos também sugerem que os mirtilos ajudam a melhorar o sistema imunológico, que fica enfraquecido nos casos em que a pessoa está sob estresse.

3. Chocolate amargo

Chocolate é uma comida saborosa e tenho certeza que muitas pessoas ficarão felizes em vê-lo nesta lista. Traz muitos benefícios para a saúde das pessoas, e está cheio de antioxidantes que ajudam a manter um humor positivo e também aumentam os níveis de serotonina, conhecida como o hormônio da felicidade.

Um estudo recente da Escola de Medicina da Universidade da Califórnia, San Diego (UCSD) descobriu que este alimento contém propriedades antidepressivas. Claro, as versões de chocolate ao leite ou chocolate branco, com menos cacau, não são mais tão saudáveis.

4. Alho

Alho, que é particularmente útil para adicionar sabor a receitas culinárias, Contém muitos nutrientes que ajudam o corpo a ter uma saúde melhor. Foi demonstrado que seus antioxidantes neutralizam e reduzem os danos dos radicais livres em nossos corpos, partículas que danificam nossas células, causam doenças e promovem o envelhecimento.

O alho ajuda a melhorar o humor, então está cheio de triptofano, que é um precursor da serotonina. Também atua como antidepressivo e produz efeito sedativo graças aos seus compostos: ácido caféico, apigenina, geraniol, linalol e estigmasterol. Como o abacate, também contém potássio e, portanto, produz efeitos semelhantes em termos de pressão arterial, pois auxilia no seu controle.

5. Ostras

As ostras são um alimento requintado, que não age apenas como afrodisíaco. Estudos científicos afirmam que um desequilíbrio de zinco e cobre no corpo se correlaciona positivamente com estados de ansiedade e estresse, pois acredita-se que seja o responsável pela redução dos níveis de neurotransmissores como a norepinefrina, essenciais para a adaptação a situações estressantes. Mais cobre e uma diminuição do zinco no corpo pode levar a sintomas de ansiedade.

As ostras possuem uma grande quantidade de zinco, por isso é fundamental nivelar a quantidade deste mineral que faz o cobre e assim se tornar um excelente alimento anti-stress.

6. Pimentas

Normalmente associamos a vitamina C às laranjas; no entanto, existem outras frutas ou vegetais que contêm mais dessa substância, como morangos ou pimentões. Na verdade, pimentas vermelhas contêm duas vezes mais desta vitamina do que laranjas.

Um estudo descobriu que pessoas que tomaram grandes doses de vitamina C antes de realizar atividades muito estressantes tiveram pressão arterial mais baixa e seus corpos se recuperaram mais rapidamente dos efeitos do estresse e da ação do cortisol. Como explica a diretora do estudo, Elizabeth Somer, “Dietas ricas em vitamina C reduzem os níveis de cortisol no corpo e ajudam as pessoas a lidar com situações estressantes.”

7. Pavão

O peru é um dos alimentos mais ricos em triptofano, o precursor da serotonina. Portanto, promove um humor positivo. Estudos sugerem que este aminoácido ajuda as pessoas a se sentirem mais calmas e pode reduzir a ansiedade, por isso pode ser útil quando estão sob estresse.

8. Salmão

O salmão é um peixe muito popular hoje por sua rico em ácidos graxos ômega 3 saudáveis, especialmente DHA, Que é a abreviatura de ácido docosahexaenóico.

Um estudo publicado na revista Brain, Behavior and Immunity mostrou que as pessoas que tomaram suplementos de ômega 3 (contendo DHA e EPA) por 12 semanas reduziram sua ansiedade em até 20%. Os especialistas recomendam comer salmão pelo menos duas vezes por semana devido aos seus múltiplos benefícios à saúde.

9. Nós

Como o salmão, as nozes também contêm ácidos graxos ômega 3 e, portanto, oferecem benefícios semelhantes. Indignado, contém grandes quantidades de vitamina B, Que se esgotam nos casos em que a pessoa leva uma vida estressante. As vitaminas B permitem que nossos neurotransmissores funcionem com alto nível de eficiência e nos ajudam a controlar a resposta ao estresse de lutar e fugir.

10. Aveia

A aveia é um grão muito saudável que geralmente requer algum tempo de cozimento. Promove a síntese de serotonina no cérebro e, portanto, ajuda a melhorar o humor. Pesquisa publicada na revista Archives of Internal Medicine garante que as pessoas que consumiram carboidratos complexos, como aveia, se sintam emocionalmente mais calmas, pois o açúcar elevado no sangue pode ter uma influência negativa.

Deixe um comentário