Os 25 países mais inseguros do mundo

O mundo pode ser um lugar maravilhoso, mas também pode ser hostil e inseguro. Existem países onde a violência e a insegurança estão muito presentes.

A cada ano, o Instituto de Economia e Paz produz o Índice Global da Paz, que pretende conhecer quais são os países mais perigosos e menos seguros do mundo de acordo com 22 indicadores: Número de conflitos internos e externos, insegurança política, atividade terrorista, número de homicídios por 100.000 habitantes, etc.


Quais são os países menos seguros do mundo?

Entre os 162 países estudados por esta instituição. Abaixo nós mostramos para você os 25 estados mais incertos do mundo.

25. México

O país americano tem altos índices de criminalidade, E esta região tornou-se um local estratégico para o narcotráfico que chega aos Estados Unidos da América Latina. Nos últimos 15 anos, foram registrados casos notáveis ​​de furto, sequestro e homicídio no país e, segundo dados do Sistema Nacional de Segurança Pública, foi informado que, em 2016, foram assassinadas 20.189 pessoas no total.

24. Etiópia

A Etiópia tem altos níveis de violência criminal e política, o que resultou em muitos feridos e mortes. Roubo de veículos ocupados, extração de carteira e outros crimes são comuns neste país. A violência nas ruas é comum e tem havido sequestros ocasionais de estrangeiros.

23. Costa do Marfim

A Costa do Marfim sofreu duas guerras civis que começaram em 2002 e 2010. A segunda guerra civil do país se transformou em um conflito militar em grande escala entre as forças leais a Laurent Gbagbo, presidente da Costa do Marfim desde 2000, e partidários do internacionalmente reconhecido presidente Alassane Ouattara. Organizações internacionais denunciaram numerosos casos de violações dos direitos humanos por ambas as partes.

22. Ucrânia

A Ucrânia viveu uma série de conflitos nos últimos anos, desde fevereiro de 2014, principalmente no sul do país. Os protestos em Donetsk e Lugansk se transformaram em uma insurgência separatista armada que levou o governo ucraniano a lançar uma contra-ofensiva militar contra os insurgentes. Esses conflitos ceifaram milhares de vidas e tornaram o país um dos 25 países mais perigosos do mundo.

21. Chad

Chade é considerado um dos países mais pobres e corruptos do mundo; e muitas pessoas neste país vivem em extrema pobreza. Sua instabilidade política provocou violência nas ruas e levou a inúmeras tentativas de golpe. Este país vive mergulhado no crime e na corrupção.

20. Egito

O Egito também passou por momentos difíceis nos últimos anos, principalmente em 2012, Contra o então presidente Mohamed Mursi. As manifestações políticas deram origem a confrontos violentos com dezenas de mortos e centenas de feridos. Além disso, neste país há contínua perseguição e discriminação aos cristãos em muitos níveis.

19. Índia

A Índia é um país mergulhado nos desafios da pobreza, Corrupção, desnutrição, saúde pública inadequada e terrorismo. O crime também é um grande problema, pois os crimes contra as mulheres, a violência doméstica, o tráfico de drogas e de armas são uma realidade.

18. Guiné-Bissau

Este país da África Ocidental sofre de instabilidade política há décadasMais precisamente desde a sua independência em 1974. A pobreza na Guiné-Bissau é considerável e o país também sofre com uma elevada taxa de criminalidade. O assassinato e o tráfico de pessoas estão entre os atos criminosos mais comuns.

17. Líbano

A guerra na Síria também afetou o Líbano. Os muçulmanos sunitas libaneses apóiam principalmente os rebeldes na Síria, enquanto os xiitas de lá apoiam amplamente o presidente sírio, Bashar al-Assad. Assassinatos, tumultos e sequestros de estrangeiros em todo o Líbano são abundantes.

16. Iêmen

Iêmen sofreu 11 guerras civis e distúrbios sociais. O país vive mergulhado na pobreza, no desemprego, na corrupção. O governo e suas forças de segurança são responsáveis ​​por tortura, tratamento desumano e execuções extrajudiciais. A liberdade de expressão, a imprensa e a religião são restringidas, a homossexualidade é ilegal, punível com a morte.

15. Zimbábue

O continente africano vive em conflito permanente, como evidenciado por muitos países, incluindo o Zimbábue. A economia do país está severamente prejudicada, impactando dilemas sociais. Disputas por armas de fogo e atos de violência estão na ordem do dia.

14. Israel

Israel sofre muitos conflitos, principalmente por causa de sua localização em relação à Palestina. Por estar em uma zona de conflito no Oriente Médio, o conflito armado é comum. A luta entre israelenses e palestinos que começou em meados do século XX e na Terra Santa vive em constante tensão, especialmente na Faixa de Gaza.

13. Colômbia

A desigualdade é uma constante na Colômbia, onde, de acordo com o Índice de Desenvolvimento Humano das Nações Unidas (ONU), Os 10% mais ricos da população do país ganham quatro vezes mais que os 40% mais pobres. O país andino é considerado um dos países mais perigosos da América Latina, embora outras classificações considerem Honduras um território menos seguro do que a Colômbia.

12. Nigéria

A Nigéria sofre tanto econômica quanto socialmente, com conflitos em andamento e violações dos direitos humanos. Seu governo é notório pela corrupção, em que funcionários públicos aproveitam seus cargos para encher seus bolsos. Estupro e discriminação de gênero são comuns.

11. Rússia

A Rússia tem uma alta taxa de criminalidade. É um país conhecido por seus grupos mafiosos, extorsão, tráfico de drogas, assassinos, sequestros e lavagem de dinheiro. Segundo a ONU, a Federação Russa é um dos principais países responsáveis ​​pelos assassinatos cometidos pelas Nações Unidas.

10. Coréia do Norte

A Coreia do Norte freqüentemente aparece na mídia para experimentar a ditadura nas mãos de Kim Jong-un. A Amnistia Internacional denunciou repetidamente as restrições à liberdade e aos direitos humanos sofridas pela população deste país. Detenções arbitrárias, tortura e outros maus-tratos que resultam em morte e execuções não são incomuns neste país asiático.

9. Paquistão

O Paquistão é considerado um dos países com maior número de terroristas. Na verdade, a área Afeganistão-Paquistão, em termos de atos terroristas, só é ultrapassada pela área Síria-Iraque. Além disso, a instabilidade política, a superpopulação, a pobreza, o analfabetismo ou a corrupção fazem deste país um dos países mais precários do planeta.

8. República Democrática do Congo

Um país politicamente instável, mas como muitos estados africanos, é rico em recursos naturais. A corrupção e a exploração, bem como a extração e exploração de recursos são galopantes na República Democrática do Congo. Os conflitos de guerra têm sido frequentes nas últimas duas décadas, matando mais de 5,4 milhões de pessoas e causando doenças como a malária.

7. República Centro-Africana

Outro país africano na lista que, especialmente após se tornar independente da França na década de 1960, ele viveu diferentes ditaduras. As primeiras eleições multipartidárias democráticas foram realizadas em 1993, quando Ange-Félix Patassé foi eleito presidente. Existem confrontos sérios entre facções muçulmanas e cristãs.

6. Sudão

As guerras marcaram a história do Sudão, especialmente as guerras civis e a guerra na região de Darfur.. Os direitos humanos são ignorados neste país e ocorrem limpeza étnica e escravidão. Seu sistema legal sudanês é regido pela lei islâmica.

5. Somália

A Somália está passando por um conflito interno que começou em 1991 e ainda está ativo hoje. A guerra tem já ceifou centenas de milhares de vidas até agora, e eles continuam a adicionar tropas rebeldes, especialmente islâmicos.

4. Iraque

O Iraque é um dos países mais devastados no mundo da guerra, Que terminou oficialmente em 2011; no entanto, os conflitos persistem e, a nível político, a instabilidade é uma realidade. O autoproclamado Estado Islâmico continua a se expandir nesta região, onde ocorreram grandes guerras como as de Mosul ou Tikrit.

3. Sudão do Sul

O Sudão do Sul é um país diferente do Sudão, que se tornou independente em 2011. Esta região sofre com conflitos internos há décadas, e a violência étnica é a tônica usual. O resultado foram muitas vítimas.

2. Afeganistão

Os conflitos no Afeganistão, que começaram em 2001, são conhecidos em todo o mundo. A OTAN e seus aliados estiveram envolvidos na guerra civil do país, que eclodiu após os ataques de 11 de setembro. As vítimas chegam a dezenas de milhares.

1. Síria

A Síria é o país mais perigoso do mundo hoje devido ao conflito armado que viveu que começou em 2011Com protestos dentro do governo de Bas al-Assad, as forças responderam com violenta repressão. Estima-se que mais de 200.000 civis já morreram.

Deixe um comentário