As 8 vantagens das inteligências múltiplas na sala de aula

A inteligência humana tem sido um importante tópico de discussão no campo da psicologia. E, sem duvida, um dos conceitos mais importantes é o de Inteligências Múltiplas, Um modelo teórico proposto por Howard Gardner.

Por muito tempo, falamos de inteligência unitária; entretanto, a proposta de Gardner deu uma guinada na crença tradicional na inteligência humana, e o modelo de inteligências múltiplas surgiu como uma alternativa ao paradigma até então dominante.


    Uma teoria que mudou o curso da educação

    Howard Gardner, apresentou sua teoria ao mundo com seu livro Structures of the Mind: The Theory of Multiple Intelligences, uma obra que expressa a ideia de que a inteligência não é unitária, mas existem muitas nuances para definir essa construção. Embora a primeira edição deste texto tenha sido publicada em 1983, foi somente em 1987 que ele apareceu em espanhol.

    Para Gardner, a inteligência é uma construção abstrata demais para falar de uma só, pois é possível encontrar casos de pessoas que são muito qualificadas em algumas tarefas mentais e muito pobres em outras: Gênios da composição musical ou do movimento do corpo para dançar, mas não hábeis em matemática, por exemplo. É por isso que os psicólogos se interessaram muito por este assunto e hoje existem diferentes concepções sobre cognição e processos psicológicos superiores.

    De acordo com a teoria das inteligências múltiplas, podemos falar sobre os seguintes tipos de inteligência.

    • inteligência linguística: É a capacidade de dominar a linguagem escrita e falada.
    • Inteligência lógico-matemática: É a capacidade de raciocinar logicamente e de resolver problemas matemáticos.
    • Inteligência espacial: É a capacidade de observar objetos de diferentes perspectivas, assim como o mundo, e é a capacidade de manipular imagens mentais e criá-las para resolver problemas.
    • inteligência musical: É a capacidade de fazer peças musicais ou tocar música.
    • inteligência corporal: Capacidade de mover seu corpo e coordenar seus movimentos.
    • inteligência intrapessoal: É a capacidade de conhecer e administrar as próprias emoções e pensamentos.
    • inteligência interpessoal: É a capacidade de se relacionar com os outros.
    • inteligência naturalista: É a sensibilidade que um indivíduo tem para com o mundo natural.

    Benefícios de múltiplas inteligências na sala de aula

    Múltiplas inteligências mudaram o panorama educacional e de acordo com Gardner, eles trazem uma série de benefícios para a sala de aula.

    1. Motivar os alunos

    Uma das vantagens deste modelo de inteligência é que ajuda cada criança ou aluno a desenvolver seus talentos. Isso é essencial para motivá-los no dia a dia. Por exemplo, se uma criança é boa com música, com este modelo é possível detectá-la e ajudá-la a desenvolver a sua grande paixão.

    2. Personalize a aprendizagem

    A teoria de Howard Gardner é que cada aluno tem características únicas, O que o torna diferente dos outros. Se descobrirmos o que cada criança pode trazer e o que é bom, podemos desenvolvê-los e incentivar seu aprendizado.

    3. Oferece um aprendizado mais abrangente

    Este modelo de aprendizagem é muito mais completo do que o modelo tradicional. Como ele tem uma visão mais ampla da inteligência, promove a aquisição de uma ampla gama de habilidades pelos alunos.

    4. Ensine a aprender

    Os alunos aprendem de maneira diferente estratégias e ferramentas criativas que os ajudam a desenvolver seus próprios talentos.

    5. Fortaleça suas habilidades

    É um modelo mais completo no qual diferentes tipos de habilidades podem ser integrados. Portanto, os alunos desenvolvem as habilidades nas quais se destacam.

    6. Promove inovação educacional

    Este modelo rompe com o modelo clássico de ensino e estimula a criatividade. Ao mesmo tempo, nele, as ferramentas educacionais mais inovadoras têm seu lugar.

    7. Aplicação prática

    Porque o aluno desenvolve o que realmente o motiva e o que se destaca, é mais provável que ele seja capaz de aplicá-lo no futuro.

    8. Mais precisão na avaliação

    Este modelo permite conhecer e desenvolver esses pontos fortes e fracos de cada aluno, para que você tem uma visão mais precisa de como cada um é e o que precisa ser feito para estimular seu aprendizado.

    Deixe um comentário