10 dicas para se despedir dele (mesmo se você ainda o ama)

No mundo das relações interpessoais, principalmente no mundo dos casais, existem momentos difíceis que temos que viver.. Uma delas é quando estamos tendo um amor não correspondido ou quando estamos em um relacionamento e sabemos que é hora de nos despedirmos porque tentamos de tudo e a coisa não está funcionando.

Essas situações podem criar grande sofrimento e ficar lá pode ser devastador. Por isso, mesmo que ninguém goste de se despedir de quem ama, às vezes é a melhor opção.


Quando dizer adeus é uma oportunidade de crescer

O adeus pode ser muito difícil, e ainda mais quando você sabe que nunca mais verá aquela pessoa que você tanto amou novamente, e que você está ciente de que nada mais será o mesmo e que com o tempo, a conexão que nunca existiu desaparece .

Mas há momentos em que dizer adeus é uma oportunidade de crescer, e também uma oportunidade de reorientar nossas vidas para o caminho que desejamos, porque quando o amor não é correspondido, os obstáculos ao longo do caminho podem ser grandes demais para seguir neste caminho. Nesses casos, precisamos ser inteligentes e seguir o caminho certo, aquele que nos permite voltar a ser nós mesmos e nos leva ao nosso bem-estar.

E dizemos que pode soar egoísta, mas é ainda pior ficar nesse caminho onde a outra pessoa será egoísta conosco em um ponto ou outro, porque quando não sentimos o mesmo e a relação não é justa. Quando um relacionamento começa a ser tóxico, temos que perder se ou se.

A decisão de se despedir pode ser difícil, mas neste contexto é sem dúvida a opção menos ruim.. Embora na hora da despedida pareça que o mundo está chegando ao fim, a verdade é que é uma forma de fechar uma etapa e começar outra. Aquela que nos permitirá crescer e a partir da qual possamos aproveitar essa dor inicial para sermos mais do que somos e nos desenvolvermos como pessoas.

Diga adeus mesmo que ainda haja amor

Mesmo que tenhamos claro que temos que nos despedir dessa pessoa que tanto amamos, nem sempre é fácil fazer a viagem. Nas linhas a seguir, damos algumas dicas para se despedir mesmo que ainda ame.

1. Compreenda a situação e não se apresse

Dizer adeus a alguém que desejamos não deve ser o resultado de um ato impulsivo, mas deve ser meditação e reflexão. Isso significa que a situação deve ser entendida e vista objetivamente. E quando ficar claro que ficar nessa situação só causará dor, é melhor deixar para lá. Agora, sempre há outras opções antes desta. Por exemplo, vá para um diálogo ou vá para a terapia de casal se quiser salvar o relacionamento. Contudo, há momentos em que as despedidas são inevitáveis, e então tudo o que resta é dizer adeus..

2. Seja realista

Se você já se deu um prazo para as coisas mudarem e não tem sido assim, se você tentou falar e as coisas não estão melhorando, não se engane: as pessoas não mudam se eu não mudar não quero mudar, então ficar neste relacionamento por mais tempo só vai te machucar.

3. Certifique-se de que você realmente deseja fazer isso

O fato de não ter pressa é ter certeza de que a decisão que você vai tomar é a certa. Uma vez que você está claro e pesou os prós e os contras de sua decisão, pode seguir em frente com sua vida..

4. Seja honesto

Quando você está prestes a se despedir, você precisa ser honesto. Mas não só com a outra pessoa, mas também com nós mesmos. Cara a cara é a melhor opção, embora muitas pessoas achem difícil falar sobre seus sentimentos e expressar o que realmente significam..

5 seja respeitoso

Se você for honesto, também deve ser respeitoso. Portanto, é possível dizer as coisas claramente sem seu tom ofensivo. Ser assertivo é uma grande virtude, e ser capaz de apresentar seus pontos de vista sempre será uma vantagem. Agora, você também tem que ter respeito pela outra pessoa, e se ela não quiser estar com você, você tem que entender que isso é algo que acontece e que você tem que aceitar.

6. Encontre o momento certo

É sempre bom procurar o momento certo para falar e, se possível, falar cara a cara. Agora, se isso não for possível, tente fazer com que a mensagem seja respeitosa e diga como você se sente. Você pode enviar e-mail ou WhatsApp se a outra pessoa não puder ficar com você.

7. Seja consistente

É claro que a mensagem para essa pessoa, se for sincera, expressará seus sentimentos mais profundos, apesar de suas despedidas.. Mas você tem que se lembrar da situação que o levou a se despedir, e tem que manter a ideia de que acabou. Não se engane, porque se a pessoa não quiser estar com você, ela não o fará. Depois de se expressar, é consistente com o que você disse. Se for adeus, é adeus.

8. Feche a porta

Você provavelmente vai querer que a outra pessoa jure amor eterno por você depois da palavra, mas isso raramente acontece.. Se você pensou sobre a decisão, você fez a coisa certa. Não deixe a porta aberta com frases como “vejo você em breve” porque o que acontecer no futuro será visto mais tarde. Embora a esperança seja a última coisa que você perde, você não precisa alimentá-la. Para superar essa situação, você deve se ater à premissa de “tudo ou nada” ou “com você ou sem você”. Se no futuro vocês retomarem o relacionamento para serem bons amigos, será porque é isso que você queria e é assim que se sente.

9. Entenda que o caminho não será fácil

Muitas vezes acontece que, depois de expressar seus sentimentos, você experimentará um certo conforto e uma sensação de catarse. No entanto, deixar para trás alguém que você ama é uma das experiências mais difíceis que podemos ter.. A falta de amor é um processo que não é linear, mas haverá dias com altos e baixos em que você deseja chorar e outros em que deseja dar lugar à raiva. Faz parte do processo, então entenda e prossiga para a decisão que você tomou.

10. Não fuja de suas emoções e dê-se tempo

Se sentir vontade de chorar, chore. Reserve um momento do dia para se livrar dessa pessoa desde o início, mas com o tempo você recuperará a estabilidade e voltará à vida. Se você quiser saber mais sobre como lidar com esta situação, pode ler nosso artigo “As 5 fases para superar o luto da separação”.

Deixe um comentário